Como realizar um processo de compras corporativas com base em planejamento

O setores de compras das empresas sofreram grandes transformações nos últimos 20 anos. Anteriormente, o comprador era, unicamente, responsável por realizar o pedido para o fornecedor ou no máximo um negociador de custos.

Atualmente, os responsáveis pelo setor de compras são verdadeiros negociadores, internos e externos, definem e reformulam as necessidades dos clientes, gerenciam objetivos ambiciosos e complexos mudando o relacionamento entre comprador e fornecedor.

A partir daí, viu-se a necessidade de planejar as compras da empresa, visando melhorias no setor. Um bom exemplo de como as técnicas de compras foram alteradas seria o setor de manutenção que, ao invés de reagir de acordo com as necessidades pontuais, passa a ser proativo, realizando manutenção preventiva das máquinas e equipamentos, planejamento anual, etc.

E qual seria a melhor forma de planejar as compras da sua organização ou quais os passos seguir para que ela seja eficiente?

Decidir o que será comprado com base em um planejamento integrado

Com base no que a empresa previu como necessidade para o setor de produção, o setor de compras poderá decidir quais são as necessidades atuais da empresa e realizar as compras necessárias. Determinado os períodos que as compras serão realizadas, mensalmente, quinzenal ou trimestral, o setor financeiro, levará em consideração a relação estoque/venda fornecida pelo setor de compras, e planejará os desembolsos necessários para as compras, além de indicar como e onde buscar, se necessários, os recursos para complementar o capital de giro da empresa.

Orçamento das mercadorias

Após o orçamento liberado pelo setor financeiro, o setor de compras deve elaborar um orçamento por seções da empresa. Este orçamento faz com que, o encarregado pelas compras, saiba quanto cada área está gastando e prevê o que pode ser feito para reduzir custos que sejam desnecessários para cada setor. Por meio deste, ainda, consegue aprimorar o relacionamento com os fornecedores, negociando custos e tempo de entrega das mercadorias.

Efetivação das compras

Esta é a última etapa do processo, após ter planejado, orçado, basta fazer as encomendas das mercadorias. Mas o trabalho não se encerra aqui. Quando as mercadorias ou serviços chegarem, cabe ao setor de compras executar o controle de qualidade. Verificar os artigos recebidos, para que assim, não aconteça algum problema futuro que prejudique a produtividade e produção da empresa.

Concluindo…

O planejamento de compras, entra como fator essencial para a competitividade, pois os processos internos se tornam mais eficientes, visando reduzir custos e tempo com foco na qualidade dos produtos e serviços comprados e focados em manter o relacionamento com os fornecedores.

E como a sua empresa tem lidado com o setor de compras?

trequinho

Leave a reply